Trending

 


Ex-governador Eduardo Leite anuncia pré-candidatura ao governo do RS

 Em evento do PSDB, na tarde desta segunda (13), ex-governador confirmou que será o representante do partido nas eleições de outubro deste ano para o Palácio Piratini. Leite renunciou ao cargo em março.

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

O ex-governador Eduardo Leite anunciou, nesta segunda-feira (13), que é o pré-candidato do PSDB ao governo do estado mais uma vez. O anúncio foi dado na sede do diretório estadual do partido, em Porto Alegre, ao lado do atual governador, Ranolfo Vieira Júnior.

"O que me move neste momento é a conclusão deste governo, concluir este governo com absoluto êxito", afirmou Ranolfo Vieira Júnior.

Leite deixou o governo e transmitiu o cargo a Ranolfo no dia 31 de março. A cerimônia no Palácio Piratini aconteceu logo após a posse oficial do novo governador, na Assembleia Legislativa do estado (AL-RS), horas antes.

Desde então, o ex-governador gaúcho foi para o epicentro das disputas internas no PSDB, que culminaram, em maio, com a desistência de João Doria — ex-governador de São Paulo e vencedor das prévias — da pré-candidatura à Presidência da República pelo PSDB.

Dentro do partido, Leite era visto como um possível candidato à Presidência ou até mesmo um potencial pré-candidato a vice em outra coligação, como ao MDB de Simone Tebet. Sempre que questionado, o ex-governador do RS citava trabalhar pela construção de convergências na agenda política do país.

A pré-candidatura de Leite é vista como parte de um acordo nacional entre PSDB e MDB. Em troca do apoio à Tebet, os emedebistas apoiariam tucanos em estados como o Rio Grande do Sul. Contudo, o reingresso do ex-governador na corrida eleitoral pode barrar a pré-candidatura do deputado estadual Gabriel Souza (MDB) ao Palácio Piratini.

Fonte: G1 RS

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem