Saúde

RS decide antecipar prazo para 2ª dose das vacinas Astrazeneca e Pfizer

Período entre doses passa a ser de dez semanas e não mais de 12 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) decidiu, em reunião nesta segunda-feira, por antecipar para dez semanas o intervalo entre as doses das vacinas contra Covid-19 Astrazeneca e Pfizer. Até o momento, o período para a segunda dose era de 12 semanas após a primeira aplicação. A pasta, no entanto, ainda não divulgou detalhes de quando passa a valer a mudança.

Até o momento, o RS utilizava o intervalo padrão de 12 semanas (três meses) para ambos os imunizantes, o prazo máximo estabelecido pelas orientações do Ministério da Saúde. Os estados do Acre, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Piauí e Santa Catarina já decidiram pela antecipação. 

Quase 70% da população gaúcha acima de 18 anos já recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e 25% já possui o esquema vacinal completo com as duas doses ou com a dose única da Janssen. Dentre os imunizantes utilizados estão: Coronavac, Astrazeneca, Pfizer e Janssen. O governo estadual prevê imunizar toda população adulta até 20 de setembro. 

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.