Politica

Prefeito de Santo Ângelo lamenta aprovação do novo Fundo eleitoral

Jacques Barbosa qualificou como absurso o aumento de R$ 1,8 bilhão para R$ 5,7 bilhões na verba para os partidos em meio às crises econômica e sanitária. Foto: Fernando Gomes

O prefeito Jacques Barbosa qualificou como absurdo o aumento da verba destinada ao Fundo Eleitoral aprovada pelo Congresso Nacional na semana passada. O Fundo para financiamento de campanhas eleitorais passou de R$ 1,8 bi para R$ 5,7 bi com aprovação em meio a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Dizendo falar como cidadão e gestor, Jacques lamentou que alguns dos deputados federais que representam o Rio Grande do Sul e que recebem votação em Santo Ângelo tenham votado favoravelmente ao aumento. “Num momento de pandemia, de crise financeira, com os municípios com enormes dificuldades de investimentos em saúde, infraestrutura, em educação, alguns deputado aprovarem um aumento de quase R$ 4 bilhões para campanhas eleitorais é uma vergonha”.

O chefe do executivo santo-angelense ainda recomendou que os cidadãos verifiquem os parlamentares que votaram favoravelmente. “Tem que começar a separar o joio do trigo, porque a gente dá um cheque em branco para essas pessoas atuarem no Congresso, onde se decide tanta coisa fundamental e não pode sofrer um acidente desses num momento totalmente inadequado”. 

O prefeito santo-angelense disse ainda que espera que o presidente Jair Bolsonaro realmente vete o projeto. “Apesar de que vai ficar numa situação difícil, pois foi a base do governo que aprovou essa proposta”. 

Texto: Hogue Dorneles/Prefeitura de Santo Ângelo 


About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.