Notícia

Incêndio destrói prédio da SSP e deixa dois desaparecidos em Porto Alegre

Incêndio no prédio da SSP-RS, em Porto Alegre — Foto: Reprodução/RBS TV

Um grande incêndio destruiu o prédio da Secretaria de Segurança Pública do RS na noite de ontem. As chamas se alastraram por todo o edifício, que desabou parcialmente e teve perda total. O local chegou a ser evacuado e inicialmente foi informado que não haveria vítimas, porém dois bombeiros que atuaram no combate às chamas estão desaparecidos. As buscas por eles serão retomadas assim que houver condições. Por volta as 6h30, seguiam os trabalhos de rescaldo. Ainda não havia informações sobre a origem das chamas.

O incêndio teve início por volta das 22h. Todas as guarnições da Capital, além de reforços de Canoas, São Leopoldo, Eldorado do Sul e São Sebastião do Caí participaram do combate ao fogo. O tamanho das chamas, no entanto, comprometeu o trabalho dos profissionais, conforme o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, César Bonfanti, em entrevista no início da manhã. Segundo o comando dos Bombeiros, o prédio, localizado na Avenida Voluntários da Pátria, estava com o Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndios (PPCI) em dia.

“Coração administrativo” da segurança pública gaúcha, no local também operavam o comando da Brigada Militar, a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), o Instituto-Geral de Perícias (IGP) e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Também funcionava ali toda a central telefônica da Polícia Civil. 

Ainda na noite de ontem, o secretário da segurança e vice-governador, Ranolfo Vieira Jr., afirmou que nenhuma prova documental foi perdida e que a prioridade da área era restabelecer os serviços de atendimento do 190, que ficou fora do ar por cerca de quatro horas, sendo normalizado por volta das 2h. “As atividades vão continuar”, garantiu Ranolfo. “Todas as nossas polícias vão continuar nas ruas.”

Fonte: Matinal 

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.