Notícia

Governo Federal reduz gastos com pessoal pela primeira vez em mais de 10 anos

Pela primeira vez em mais de dez anos, o Governo Federal baixou as despesas com pessoal. A economia é fruto da redução de gastos administrativos e de contratação de pessoal, diminuição da taxa de reposição de servidores e digitalização dos serviços públicos, além da pausa em concursos.

Os esforços federais conquistaram a redução dos gastos, que saíram de R$ 286,4 bilhões, em 2019, para R$ 285,3 bilhões em 2020. O dado faz parte do Relatório Contábil do Tesouro Nacional, divulgado nesta quinta (10) pelo Tesouro.

O documento aponta também para um crescimento do ativo da União – a soma do que o país possui em caixa e equivalentes de caixa, créditos a longo prazo, investimentos, imobilizado e intangível, entre outros itens – de R$ 5,597 trilhões para R$ 5,702 trilhões. O passivo também cresceu, o que resultou em um patrimônio líquido negativo da União em R$ 4,445 trilhões em 2020, mais um motivo para a votação urgente da Reforma Administrativa.

Palácio do Planalto - 

De acordo com o Tesouro Nacional, a folha de pagamentos caiu de R$ 286,4 bilhões, em 2019, para R$ 285,3 bilhões em 2020


Fonte: Tesouro Nacional

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.