Politica

Bolsonaro: "Não vai ser com mentiras ou com CPI integrada por sete bandidos que vão nos tirar daqui"

Nesta quarta-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro participou, no Mato Grosso do Sul, da inauguração de uma estação de monitoramento aéreo na fronteira.

Durante seu discurso, o presidente comentou os preceitos de seu governo:

“Temos um governo que acredita em Deus, que respeita seus militares, e deve lealdade ao seu povo. Vivemos, ainda, momentos difíceis, e tenho dito a todos: o maior bem de uma nação é a liberdade de seu povo, mais valiosa que a própria vida porque sem ela, essa segunda não existiria”, pontuou ele.

Bolsonaro aproveitou, ainda, para falar sobre a oposição que precisa enfrentar, principalmente dentro da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid:

“Satisfação de ter, ao nosso lado, pessoas comprometidas, realmente, com o futuro da sua pátria. Não conseguem nos atingir. Não vai ser com mentiras ou com CPI integrada por sete bandidos, que vão nos tirar daqui. Temos uma missão pela frente: conduzir o destino da nossa nação e zelar pelo bem-estar e pelo progresso do nosso povo”, comentou ele.

Ao comentar sobre as ações do governo, Bolsonaro agradeceu às Forças Armadas pelo seu comprometimento em garantir a democracia:

“Só tenho paz e tranquilidade porque sei que, além do povo, eu tenho as Forças Armadas comprometidas com a democracia e com a nossa liberdade”, declarou o presidente, que ainda anunciou que estará em Manaus, no Amazonas, nos dias 16 e 17 de julho, para inauguração de obras do governo federal, e que deverá participar de mais uma motociata, para desespero da oposição.

Fonte: Jornal da Cidade Online

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.