Politica

"RS não teme ser chamado", diz Leite sobre CPI

Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini/CP
O governador Eduardo leite (PSDB) afirmou nesta terça-feira que o Rio Grande do Sul não teme qualquer investigação sobre o uso de recursos para enfrentar a pandemia. “Temos a consciência tranquila e dados abertos, centavo por centavo, destinados à saúde”, disse. 

A manifestação ocorreu horas antes de o Senado oficializar a criação da CPI da Covid, para investigar a gestão de Jair Bolsonaro e verbas aos estados, após decisão de ministro do Supremo, Luís Roberto Barroso. "O Rio Grande do Sul não teme ser chamado para apresentar dados", pontuou. 

Segundo Leite, é oportuno que a CPI discuta, além da questão dos repasses, o desrespeito à institucionalidade e ao Supremo e apure também os que se esquivam e suas responsabilidades constitucionais, de proteger a vida e a saúde.

“Vemos o interesse do governo federal e de aliados de incluir prefeitos e governadores em um movimento diversionista e para desfocar, fazer o que sabem de melhor, terceirizar suas responsabilidades".

O plenário do Supremo irá analisar nesta quarta-feira a decisão de Barroso, de criação da comissão.

Fonte: Correio do Povo 

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.