Notícia

“Vivemos uma situação de guerra”, relata a administradora do Hospital São Luiz Gonzaga

A administradora do Hospital São Luiz Gonzaga, Iria Diedrich, em entrevista à Rádio Missioneira FM 94.9 nesta sexta-feira (19) expôs a situação dramática vivida pela casa de saúde durante o mês de março – o pior da pandemia.

Segundo Iria, o hospital possui a disposição 40 leitos clínicos para atender pacientes com covid-19, sendo que seis são equipados com aparelhos de ventilação pulmonar. A administradora informa que alguns pacientes com estado de saúde menos crítico foram transferidos para hospitais menores da região, como São Miguel das Missões, Caibaté e Roque Gonzales, para aliviar a pressão no atendimento local.

“Vivemos uma situação de guerra”, afirma Iria, ao relatar o enfrentamento da doença na casa de saúde. “Estamos beirando a superlotação e de nada adianta abrir mais leitos, pois faltam profissionais para atender os pacientes”, avalia. Segundo a administradora, a situação tende a piorar. “Infelizmente, muitas pessoas irão morrer, essa é a triste realidade”, disse.

Para Iria, o caos recomeçou durante o período eleitoral, se estendeu durante o Natal e Ano Novo e se agravou durante o feriado de Carnaval. “Peço que nesta Páscoa, as pessoas tenham consciência da gravidade da situação e não realizem aglomerações, pois as mutações do vírus estão causando grandes problemas”, alertou.

Fonte: Rádio Missioneira

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.