Politica

Leite restringe atividades das 20h às 5h

Claudio Belli / Valor
O governo do RS anunciou, na tarde desta segunda-feira (22), que irá manter o sistema de cogestão. Com isso, os municípios poderão adotar medidas equivalentes à bandeira anterior a qual foram classificadas pelo sistema estadual.

Independentemente da bandeira da região, a janela de horário da suspensão geral de atividades não essenciais, a partir desta terça-feira (23), será ampliada em duas horas: começando mais cedo, às 20h, e indo até as 5h.

“Estamos observando o mais acelerado e agressivo crescimento de internações desde o início da pandemia", afirmou o governador Eduardo Leite, em LIVE nesta segunda-feira.

O Gabinete de Crise decidiu manter a cogestão regional mediante algumas alterações e maiores restrições. Uma delas foi a ampliação do horário da suspensão geral de atividades, que havia sido anunciada na sexta-feira (19/2), com início a partir das 22h. Agora, o horário passa a ser desde as 20h, incluindo as mesmas atividades.

Devem estar fechados, sem público ou clientes, estabelecimentos de atendimento ao público, reuniões, eventos, aglomerações e circulação de pessoas tanto em áreas internas quanto externas, em ambientes públicos ou privados.

As exceções devem ser mantidas: farmácias, hospitais e clínicas médicas, serviços funerários, serviços agropecuários, veterinários e de cuidados com animais em cativeiro, assistência social e atendimento à população vulnerável, hotéis e similares, postos de combustíveis e estabelecimentos dedicados à alimentação e hospedagem de transportadores de cargas e de passageiros, estabelecimentos que funcionem em modalidade exclusiva de tele-entrega e Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa). A suspensão geral também não atinge atividades industriais noturnas.

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.