Educação

Leite quer que presença de alunos na escola seja obrigatória em 2021

Foto: Divulgação | Palácio Piratini 
O Governador do Estado, Eduardo Leite, Estuda a possibilidade de tornar obrigatória a presença dos alunos nas salas de aula nas escolas públicas e privadas de ensino fundamental, médio e superior no Rio Grande do Sul, em 2021.

O pedido do governador foi levado pelo Sindicato do Ensino Privado e está sendo analisado pelo Gabinete de Crise do Palácio Piratini, grupo formado por representantes de várias secretarias.

Caso o estudo seja aprovado, a presença nas escolas será obrigatória, porém não diária, pois o Rio Grande do Sul vai manter o ensino híbrido.

As turmas serão divididas pela metade e cada grupo reveza na sala de aula a cada semana ou intervalo de dias definido pela escola. A lotação seria de no máximo 50% da sala de aula, com distanciamento entre as cadeiras.

Os alunos que ficarem em casa nos dias de período remoto receberão atividades para realizar à distância. No dia seguinte a turma inverte: quem estudava de casa irá para a escola e quem estava escola vai ter aulas em casa.

A presença seria exigida para todos, exceto estudantes e professores que fazem parte dos grupos de risco para o Coronavírus. No ano passado, os pais tinham o poder para optar, mesmo com filhos saudáveis, se levariam eles à escola ou não.

Na rede estadual, as aulas presenciais retornam, em formado híbrido, em 8 de março para estudantes do 1º ao 5º ano, 11 de março para 6º ao 9º ano e em 15 de março para Ensino Médio e Técnico.

Fonte: GZH - Zero Hora

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.