Politica

Governo do RS suspende atividades entre 22h e 5h

Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini
O governo do RS decidiu, nesta sexta-feira (19), suspender atividades em locais público entre 22h e 5h a partir deste sábado (20). O motivo é o agravamento da pandemia de coronavírus no estado, com a classificação de 11 regiões em bandeira preta.

"Não é chamado de toque de recolher porque há discussão jurídica. Mas há disponibilidade, sim, sobre a restrição e atividades e aglomerações em locais públicos", disse o governador Eduardo Leite.

As regiões de Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Erechim, Lajeado, Novo Hamburgo, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Porto Alegre, Santa Cruz do Sul e Taquara foram classificadas em bandeira preta. Em torno de 68% da população mora em municípios dessas regiões.

As demais estão em bandeira vermelha, onde moram mais de 31% dos gaúchos.

O governador afirmou, em transmissão ao vivo pelas redes sociais, que a piora nos indicadores, principalmente no aumento das hospitalizações por Covid-19, exigiu medidas mais rigorosas.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-RS) se reúne, nesta sexta, com as forças de segurança do estado para assegurar o cumprimento do distanciamento em todas as cidades a partir deste fim de semana.

Volta às aulas

O cenário fez com que o governo suspenda o retorno às aulas presenciais na próxima segunda-feira (22). "É um quadro bastante critico. Prezamos a educação e defendemos as aulas, mas fica suspensa a atividade escolar presencial", afirmou Leite.

O governador sustentou, no entanto, que vai pedir ao Ministério da Saúde que inclua os educadores entre os grupos prioritários da vacina, especialmente os professores com mais de 60 anos.

Cogestão

Além disso, o governo deve se reunir com a Federação das Associações de Municípios (Famurs) para estudar a suspensão do sistema de cogestão, que dá aos municípios a liberdade de adotar medidas menos restritivas em relação à classificação do estado.

Outra medida é a convocação do conselho formado por diversos setores econômicos do estado para definir protocolos que ajudem a conter o avanço crítico do contágio pelo coronavírus.

G1 RS 

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.