Saúde

Avião chega a São Paulo com matéria-prima para fabricar 8,6 milhões de doses da CoronaVac

Somando a carga recebida hoje à que chegará no dia 10, será possível fabricar 17,3 milhões de doses da CoronaVac, segundo o Instituto Butantan

 Chegou na noite desta quarta-feira (3), no aeroporto de Viracopos, em Campinas, São Paulo, o avião vindo da China com a matéria-prima para a fabricação de 8,6 milhões de doses da vacina CoronaVac. A aeronave, que saiu na terça-feira (2) de Pequim, trouxe 5,4 mil litros de ingrediente farmacêutico ativo (IFA), produto necessário para a fabricação do imunizante contra a covid-19.

China libera IFA para mais 8,7 milhões de doses da CoronaVacChina libera IFA para mais 8,7 milhões de doses da CoronaVac

Até março, Brasil receberá da OMS 1,6 milhão de doses de vacinas contra covid-19Até março, Brasil receberá da OMS 1,6 milhão de doses de vacinas contra covid-19

IFA: o que é o ingrediente que falta para as vacinas e por que o Brasil ainda não o produz?IFA: o que é o ingrediente que falta para as vacinas e por que o Brasil ainda não o produz?

Esse é o primeiro lote de insumos que o Instituto Butantan recebe neste ano. Segundo o Butantan, as vacinas produzidas com o lote de matéria-prima desembarcado nesta quarta-feira começarão a ser entregues ao Ministério da Saúde no dia 25.

De acordo com o governo do estado de São Paulo, mais uma carga com 5,6 mil litros de IFA chegará ao Brasil até o dia 10 de fevereiro, o que possibilitará a produção de mais 8,7 milhões de doses em São Paulo.

Somada a carga recebida hoje à que chegará no dia 10, será possível fabricar 17,3 milhões de doses da vacina CoronaVac. A previsão do Instituto Butantan é que a produção alcance até 600 mil doses diárias com a chegada das remessas de matéria-prima.

Fonte: GZH

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.