Notícia

Tragédia: Ônibus cai de viaduto e deixa ao menos 16 mortos Minas Gerais

REPRODUÇÃO- R7/
A queda de um ônibus de turismo de uma ponte com altura de 15 metros deixou ao menos 16 mortos na cidade de João Monlevade, em Minas Gerais. A informação atualizada é do Corpo de Bombeiros local que também registrou 29 pessoas feridas no acidente. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas do ônibus, com placa de Alagoas, foram socorridas para o Hospital Margarida, no município. 

A queda do coletivo ocorreu, no início da tarde desta sexta-feira, de uma ponte sobre o Rio Piracicaba, no km 350 da BR 381, a 114 km de Belo Horizonte. 

Nas redes sociais, a PRF afirmou que não sabe ainda a origem e o destino da viagem que era realizada pelo veículo. "Prioridade agora atendimento das vítimas", diz o texto. De acordo com informações preliminares do Corpo de Bombeiros, o veículo teria saído da pista ao passar pelo viaduto sobre o Rio Piracicaba perto de uma linha férrea. 

De acordo com o coordenador do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Itabira, Júlio Lage, acionado para atender a ocorrência, uma carreta colidiu com o ônibus, que despencou do viaduto. "Algumas vítimas foram levadas por equipes de resgate voluntário, que chegaram primeiro ao local. A informação que temos é que uma carreta colidiu com o ônibus, que caiu da ponte", disse.

Duas equipes do SAMU de Itabira foram enviadas ao local, assim como o Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária Federal.

O velório de parte das vítimas deve ocorrer na cidade alagoana de Mata Grande, de acordo com o portal TNH1. De acordo com o site, a prefeitura confirmou ainda que o ônibus faz corriqueiramente a linha até São Paulo, transportando moradores da cidade e dos municípios vizinhos, do sertão alagoano. 

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, afirmou estar "estarrecido" com o episódio trágico. Ao prestar solidariedade aos familiares e amigos das vítimas do acidente, disse que colocou todo o "aparato do governo à disposição das vítimas". De acordo com Zema, a operação de resgate e apoio no local conta com equipes de Bombeiros, ambulâncias e helicópetos. 

O motorista do ônibus pulou do veículo antes do acidente, de acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal). De acordo com o inspetor Aristides Junior, porta-voz da PRF em Minas Gerais, o motorista, que ainda não foi identificado, não procurou a polícia para prestar esclarecimentos e, por isso, é dado como foragido. Outros passageiros poderiam ter escapado do acidente ao pular. 

Fonte: R7


About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.