Eleições

PP, MDB e PDT se mantêm como as siglas que mais elegeram prefeitos no RS mostra levantamento da Famurs

Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE
O Partido Progressista (PP), o Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e o Partido Democrático Trabalhista (PDT) mantiveram-se na liderança e foram as siglas que mais elegeram prefeitos gaúchos, durante o primeiro turno das eleições municipais 2020. No último dia 15/11, o PP foi o que mais conquistou prefeituras: 143 – uma a mais que o pleito anterior – e ainda disputa o segundo turno em Santa Maria.

Na sequência, o MDB elegeu prefeitos em 135 municípios, dois a mais se comparado a eleição em 2016.

Contudo, o partido ainda disputa, no segundo turno, o comando da capital gaúcha, Porto Alegre. Também se manteve entre os maiores partidos no Estado o PDT, com 65 eleitos, 13 gestores a menos do que a quatros anos atrás.

Com o Partido dos Trabalhadores (PT) perdendo 16 prefeituras – totalizando 23 eleitos em 2020 –, a quarta sigla mais votada foi a do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), que elegeu 31 prefeitos no RS, dois a mais que o último pleito e ainda disputa mais uma vaga na Prefeitura de Canoas.

Ainda decidem em segundo turno os municípios de Caxias do Sul e Pelotas, ambos com disputa entre candidatos do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e PT.

“PP, MDB e PDT são, há muitos anos, os maiores partidos em números de prefeituras aqui no Estado. O que houve foi uma troca do quarto lugar: o PT teve uma queda, perdendo essa posição, e quem assume é o PTB.”, salientou o presidente da Famurs e prefeito de Taquari, Maneco Hassen. Conforme o Estatuto da Federação, os três maiores partidos devem realizar a gestão da entidade, a partir de junho de 2021.

No quarto ano, os partidos restantes que elegeram candidatos ao Executivo Municipal poderão fazer suas indicações para participar de um processo eleitoral e definir qual sigla irá presidir a Famurs na gestão 2024/2025.

Fonte: Famurs


About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.