Notícia

Três pessoas morrem em acidente entre cinco carros e um caminhão no Norte do RS

 Fato aconteceu perto do limite entre Passo Fundo e Ernestina. Outras 10 pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas a hospitais.

Acidente ocorreu perto do limite entre Passo Fundo e Ernestina — Foto: Juliano Castro/RBS TV
Um acidente envolvendo cinco carros e um caminhão deixou três pessoas mortas na ERS-153, na Região Norte do Rio Grande do Sul, na noite de domingo (18). O fato aconteceu por volta das 20h, perto do limite entre Passo Fundo e Ernestina.

Segundo a Polícia Civil, as vítimas foram identificadas como Emily Correia da Silva, de 17 anos, Nicoli Kayuane dos Santos Araújo, de 18, e Guilherme Santhiago Rodrigues dos Santos, de 19.

Outras 10 pessoas ficaram feridas. Elas foram encaminhadas ao Hospital São Vicente de Paulo e ao Hospital de Clínicas em Passo Fundo.

Segundo testemunhas, uma carreta bitrem carregada com milho seguia no sentido Passo Fundo-Ernestina quando atingiu cinco carros que vinham no sentido contrário. Um deles pegou fogo às margens da estrada e três ocupantes morreram no local.

"Sabemos que o caminhão bitrem tombou e foi levando esses outros veículos. A perícia vai fazer o levantamento técnico do local e a gente vai coletar as provas testemunhais para poder entender como ocorreu esse trágico acidente", afirma o delegado Fábio Idalgo Peres.

Depois de atingir os carros, a carreta caiu em um barranco e toda a carga de milho ficou espalhada na pista.

"Foi necessário apoio de todo o nosso aparato de segurança, o pessoal da Brigada, do BOE [Batalhão de Operações Especiais], do regimento de Passo Fundo, o pessoal do nosso 7º BPM também, o pessoal que estava de folga, [eles] vieram aqui para prestar apoio nessa ocorrência de grande gravidade", relata o comandante dos Bombeiros de Passo Fundo, sargento Nilton Aguirre.

O trânsito no local ficou interrompido por quase três horas.

 Foto: Reprodução/RBS TV

Fonte: G1 RS


About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.