Educação

Tribunal de Justiça autoriza Estado a manter desconto dos dias parados de professores em greve

Foto: Félix Zucco, com informações da GZH
O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS) autorizou o governo do Estado a manter o desconto dos dias parados de professores em greve.  Uma ação do Cpers/Sindicato questionava o corte do ponto do magistério nos dias de greve contra reformas aprovadas em janeiro. Por 22 votos a 2, os desembargadores negaram o pedido do Cpers-Sindicato.

A entidade se manifestou sobre o assunto em sua página nas redes sociais. O ponto foi cortado apesar dos serviços prestados e das aulas recuperadas, sem prejuízo aos estudantes, de acordo com o Cpers.

O sindicato relata que mais de 27 mil educadores tiveram perdas que chegaram a 30% dos rendimentos mensais.  O Cpers anunciou que pretende recorrer da decisão.


About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.