Notícia

Natural de São Luiz Gonzaga, delegada Gabriela Madrid Aquino, assume Delegacia de Polícia Federal em Santo Ângelo

 Ela é a primeira mulher a ocupar o cargo. Delegacia atende 24 municípios da região

Foto: Divulgação
No dia 31/8 foi publicada, no Diário Oficial da União, a designação da delegada de Polícia Federal, classe especial, Gabriela Madrid Aquino para a função de chefe da Delegacia de Polícia Federal em Santo Ângelo. Gabriela é são-luizense, tem 40 anos, é mãe de três meninas e a primeira mulher a ocupar o cargo.

Em entrevista para a Rádio São Luiz, ela falou sobre a honra que está sentido; destacou ter consciência de que tem pela frente um grande desafio, e comentou o orgulho em ser a primeira delegada a assumir essa função.

Sobre sua ligação com a cidade natal, Gabriela contou ter estudado no Mazzarelo, Insa e no Instituto Osmar Poppe, quando este ainda era chamado Leovegildo Paiva. Falou ter sido escoteira e participado dos grupos Interact e Rotarct. Antes de ser aprovada no concurso da Polícia Federal, em 2004, trabalhou como bancária e analista de justiça, estes já em São Borja.

A carreira na Polícia Federal tem 14 anos. Suas atividades foram desenvolvidas em Guaíra/PR, Passo Fundo/RS; com destaque para a Chefia do Serviço de Repressão a Trabalhos Forçados na Divisão de Direitos Humanos da Polícia Federal, em Brasília/DF entre 2016 e 2018. Gabriela também foi Chefe do Serviço de Análise de Dados de Inteligência Policial na Coordenação Geral de Polícia Fazendária, no Edifício Sede da Polícia Federal. Mestre em Administração Pública pela Universidade de Brasília, é instrutora da Academia Nacional de Polícia, especialista em Direito de Polícia Judiciária pela ANP/PF e graduada em Direito pela Universidade Federal de Santa Maria.

Questionada sobre o foco das ações na região, a delegada explicou que as diretrizes têm dados reservados, mas comentou que a gama de atribuições é ampla e envolve crimes de contrabando, descaminho, contra a união, tráfico internacional de drogas e contra ao Direitos Humanos. Na abrangência da regional estão 24 municípios. A delegada vê no trabalho próximo com a Receita Federal e também com as policiais civil e militar a soma de esforços necessária para que as pessoas da região possam ter melhor qualidade de vida.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz/Assessoria de Imprensa da PF

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.