Politica

Flordelis irá usar tornozeleira eletrônica, decide Justiça

 Juíza aceitou pedido feito pelo Ministério Público. Deputada também terá que cumprir recolhimento domiciliar noturno

Deputada Flordelis Foto: Claudio Andrade/Câmara dos Deputados Fonte: Agência Câmara de Notícias
Nesta sexta-feira (18), a Justiça do Rio de Janeiro determinou que a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) passe a ser monitorada por tornozeleira eletrônica. Além disso, a parlamentar também terá que cumprir um recolhimento domiciliar noturno, no período de 23h às 6h.

Flordelis virou ré após a Justiça aceitar a denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) que apontou que a deputada foi a mandante do assassinato do marido, pastor Anderson do Carmo. Ele foi morto após levar mais de 30 tiros na porta de casa.

A decisão é da juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, que aceitou um pedido feito pelo Ministério Público do Rio (MP-RJ). O órgão apontou um atentado a bomba ocorrido na residência de uma testemunha do crime.

O pedido foi assinado pelo promotor Carlos Gustavo Coelho de Andrade, que afirmou que manter a deputada solta causa “intranquilidade” nas testemunhas ouvidas.

– A liberdade plena da ré Flordelis, somada ao exercício de posição de poder estatal e à incerteza e impossibilidade de se rastrear seu paradeiro – diretamente decorrentes do indeferimento das medidas cautelares requeridas – causam severa intranquilidade não apenas na testemunha que diretamente sofreu o atentado, como também em todas as demais testemunhas e nos corréus, atrapalhando sobremodo o andamento do feito e a instrução criminal – disse ele no documento.

Fonte: pleno.news


About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.