Polícia

Apenado com tornozeleira eletrônica é flagrado com esquema de tele-entrega

 Detento usava uma moto para transportar 20 pedidos em média por dia em Sapucaia do Sul, Esteio e Canoas

Encomenda de 178 gramas de maconha foi apreendida quando seria levada até o cliente 
Um esquema de tele-entrega que atendia três cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre, coordenado por um apenado que usava tornozeleira eletrônica, foi desmantelado pela Polícia Civil. A operação foi realizada pela 1ª DP de Sapucaia do Sul, comandada pelo delegado Gabriel Borges, na madrugada desta quarta-feira. Houve a apreensão de sete porções de maconha que pesavam 178 gramas, além de telefones celulares utilizados no atendimento dos clientes.

O detento, que cumpria pena no regime aberto por latrocínio, foi preso em flagrante pelos agentes quando transportava um pedido de maconha em uma moto Honda, usada para o “serviço”. A abordagem ocorreu no bairro Guajuviras, em Canoas. A tornozeleira eletrônica estava coberta com papel alumínio, visando prejudicar a emissão do sinal localizador e rastreamento do mesmo.

A investigação começou após recebimento de diversas denúncias de tele-entrega de drogas nos municípios de Sapucaia do Sul, Esteio e Canoas. Os policiais civis descobriram então que o apenado montou o esquema havia pelo menos cinco meses, fazendo uma média de 20 entregas de drogas por dia. Os agentes calcularam também que por mês seriam no mínimo 500 pedidos atendidos, sendo movimentado entre R$ 30 mil e R$ 40 mil em dinheiro com a atividade de narcotráfico.

O diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM) delegado Mário Souza, enfatizou que a Polícia Civil “está preocupada em combater essa nova modalidade de tráfico de entorpecentes caracterizada pela tele entrega de drogas que teve um pico durante a pandemia”.

Fonte: Correio do Povo


About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.