Polícia

PRF bate recordes de apreensão de maconha no Rio Grande do Sul

Foto: PRF

Já são 16,6 toneladas em 2020, superando o recorde anual anterior de 16 toneladas em 2018

Com duas grandes apreensões em três dias, a Polícia Rodoviária Federal bateu recordes de apreensão de maconha no RS. Na sexta-feira (06), foram duas toneladas de maconha escondida sob a carga de uma carreta em Paverama, a maior apreensão do ano. Mas o recorde durou dois dias, pois no domingo (09) foram três toneladas encontradas no baú de um caminhão carregado com geradores em Carazinho.

Com essas ocorrências, o recorde histórico anual de apreensão de maconha pela PRF no Rio Grande do Sul, que era de 16 toneladas no ano de 2018, foi superado em mais de meia tonelada, mesmo faltando quase cinco meses para o final do ano.

O investimento em serviço de inteligência e em tecnologias vem tornando as abordagens cada vez mais assertivas, num trabalho direcionado pela inteligência, em grandes operações e também nas fiscalizações ordinárias. Além disso, os policiais, cada vez mais treinados, conseguem encontrar a droga que muitas vezes vem bem escondida.

As 16,6 toneladas de maconha que a PRF já apreendeu no Rio Grande do Sul em 2020 representam um prejuízo estimado de quase 20 milhões de reais para as organizações criminosas.

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.