Politica

Por que aumentar o IPVA e passar a cobrar o imposto dos carros com mais de 20 anos de fabricação?

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

O governador Eduardo Leite concedeu uma entrevista, realizada no Palácio Piratini. Perguntado do por que aumentar o IPVA e passar a cobrar o imposto dos carros com mais de 20 anos de fabricação, Leite respondeu:

O Estado do Rio Grande do Sul tem hoje alíquota de IPVA de 3%. Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo já praticam alíquotas de 4%. E o Paraná, aqui na região sul, tem a alíquota de 3,5%, que é a que estamos propondo. É uma forma mais justa de tributar, no patrimônio e não no consumo. E muito do que vai ser tributado a mais aqui vai ser economizado em combustível, com a redução da alíquota de ICMS sobre o combustível, de 30% para 25%. Isso vai fazer boa parte das pessoas que têm um consumo maior terem economia. E a questão de cobrar dos carros com 20 anos é porque observamos uma distorção. Por exemplo: um carro popular ano 2015 tem o mesmo valor, pela tabela Fipe, de um veículo de luxo de 1998, mas um paga imposto e o outro, não. Então entendemos que é possível chamarmos todos a contribuir. Uma família de baixa renda, se tiver um carro popular antigo, um Gol 1992, por exemplo, vai pagar cerca de R$ 200 de IPVA anualmente, mas vai pagar menos em gasolina mensalmente, além de também pagar menos em energia e telefonia. Essas famílias vão ter ainda uma devolução de imposto através de um cartão que o governo vai disponibilizar, no qual vai ser depositado mensalmente até 40% do imposto que essa família paga em outros itens. Calculando, essa família vai ganhar muita renda.



About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.