Polícia

Pai que agrediu filho de 1 ano e 8 meses a pauladas em Alegrete já está no Presídio; O bebê acabou morrendo

 Crime brutal: o autor confesso, alegou que cometeu o crime porque o bebê não parava de chorar.

Foto: Pedro Mello / Site Web noticias Alegrete
A chegada do homem de 19 anos, que confessou ter agredido o filho de 1 ano e oito meses, no Presídio Estadual de Alegrete foi com reforço policial e protesto em frente à Casa Prisional. Ele foi encaminhado por volta das 23h40min, de segunda (17). Além da Polícia Civil, duas guarnições da Brigada Militar também acompanharam o translado da DP para o PEAL devido ao número considerável de pessoas e motociclistas que estavam na frente da DP e foram acompanhando as viaturas.

Muitos com gritos de ordem o chamavam de assassino. Também ouve gritos que tiveram a intenção de comunicar os apenados que ele estava chegando. 

Márcio dos Anjos Jaques deu entrada no hospital em estado grave, às 18h do domingo (16). Devido às lesões no corpo, policiais registraram a ocorrência. Inicialmente havia suspeita de maus-tratos. Segundo a Polícia Civil a motivação do crime seria o fato da criança estar chorando e isso teria deixado o pai irritado.

O laudo médico apontou que o menino havia sofrido traumatismo craniano e hemorragia.  Numa rápida ação da Polícia Civil, o pai do menino foi preso e confessou ter agredido a criança com uma taquara. O Delegado  Valeriano Neto solicitou a prisão preventiva do mesmo. O crime gerou uma forte comoção na cidade.

Fonte texto: Flaviane Antolini Favero / Alegrete Tudo


About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.