Notícia

Leite confirma bandeira vermelha para Bossoroca e região das Missões

 Os prefeitos missioneiros decidiram não entrar com recurso para recorrer. Novo decreto para Bossoroca, deverá ser publicado na terça-feira.

Com foto de Palácio Piratini
Em reunião realizada no sábado (15), os prefeitos da região missioneira, concordaram que a região das Missões (R11), não apresentasse recurso para alteração da bandeira por não existir números, dados e projeções diferentes dos apresentados pelo estado. 

Caibaté, Dezesseis de Novembro, Eugênio de Castro, Garruchos, Guarani das Missões, Mato Queimado, Pirapó, Porto Xavier, Rolador, Roque Gonzales, São Pedro do Butiá, Sete de Setembro, Ubiretama, Vitória das Missões, já podem adotar os protocolos da bandeira laranja, por não terem registrado óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias.

BANDEIRA VERMELHA CONFIRMADA 

O governador Eduardo Leite divulgou, nesta segunda-feira, que 14 regiões ficarão com a bandeira vermelha na 15ª rodada do Distanciamento Controlado. São elas: Porto Alegre, Palmeiras das Missões, Passo Fundo, Pelotas, Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo e Canoas, que permanecem com classificação de alto risco para coronavírus, e Uruguaiana, Guaíba, Santo  Ângelo, Cruz Alta, Ijuí e Santa Rosa apresentaram aumento de contaminação nesta nova análise do governo do RS. 

As regiões de Santa Maria, Lajeado, Bagé, Santa Cruz do Sul e Cachoeira do Sul seguem com a bandeira laranja.

As regiões da bandeira vermelha devem seguir maiores restrições para prevenir o contágio a partir da meia-noite desta terça-feira até o dia 24 de agosto. O novo decreto estadual flexibilizou na bandeira vermelha algumas situações e cada município estará adequando seus decretos, com as alterações previstas neste novo modelo, exceto aqueles que possuem condições de em recurso individual manter as restrições da bandeira laranja.

Bossoroca sendo da região de Santo Ângelo, que teve aumento de contaminação nesta nova análise do governo gaúcho, terá um novo decreto publicado após reunião da AMM na terça-feira, conforme apurou nosso departamento de jornalismo.

Amanhã (18), será realizada uma reunião com a participação dos prefeitos, secretários municipais de saúde e assessorias jurídicas para tratar sobre a co-gestão, proposta pelo governo do estado neste novo decreto estadual, outro assunto que estará em pauta, para discussão, será a retomada das aulas presenciais.

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.