Politica

Deputado gaúcho deixa vice-liderança do governo na Câmara

Com a substituição do deputado Vitor Hugo por Ricardo Barros na liderança do governo na Câmara Federal, Sanderson pediu para deixar o cargo de vice-líder.

O deputado federal do PSL do Rio Grande do Sul, Ubiratan SANDERSON, encaminhou, nesta quinta-feira à tarde (13), ofício renunciando ao cargo de vice-líder do Governo da Câmara. O documento foi entregue ao deputado Vitor Hugo, do PSL de Góias, que também deixa o cargo de líder do Governo Bolsonaro na Câmara Federal. 

O parlamentar destacou a sensação de dever cumprido no trabalho realizado em prol das bandeiras levantadas pelo Governo Bolsonaro. 

“Decidi deixar a liderança pois acredito ter cumprido minha missão ali. Meu compromisso era com o líder Vítor Hugo, no sentido de ficar ajudando na liderança enquanto Vitor Hugo, que é meu amigo pessoal, estivesse à frente da função.”

Sanderson disse que pretender se dedicar de forma mais efetiva ao seu mandato junto ao Estado do Rio Grande  do Sul e aos interesses do povo gaúcho e do Brasil. 

Deputado Sanderson ao lado do Deputado Vitor Hugo 
O deputado Vitor Hugo também destacou o trabalho realizado por Sanderson. “Um parlamentar extremamente dedicado ao Rio Grande do Sul e ao Brasil. Nós juntos combatemos no plenário da Câmara, defendendo os interesses não só do presidente Bolsonaro mas de todo o povo brasileiro.Tenho certeza que os gaúchos agora estão muito mais felizes por saberem que Sanderson estará ainda mais dedicado ao seu Estado”, reforçou Vitor Hugo.

O presidente Jair Bolsonaro substituiu na quarta-feira (12) o líder do governo na Câmara. Quem assume é o deputado Ricardo Barros (PP-PR), que divulgou a informação por meio do Twitter.

Ricardo Barros é deputado pelo Progressistas, partido que integra o bloco de partidos conhecido como “Centrão”. Atualmente, o conjunto de siglas tem integrado formalmente a base de apoio ao governo de Jair Bolsonaro. A mudança retira o PSL, ex-partido do presidente, do protagonismo das articulações políticas na Câmara. Historicamente, o apoio do Centrão assegura a aprovação de pautas relevantes para o governo no Congresso. 

O parlamentar foi ministro da Saúde no governo Michel Temer e também ocupou cargos de liderança em governos anteriores.

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.