Previsão

Semana terá chuva volumosa, ventos intensos e frio, informa o Irga

Foto: Reprodução
A semana será marcada por chuva volumosa e ventos intensos novamente sobre o Estado, informa previsão da Somar Meteorologia distribuída pelo Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga). Na terça-feira (7/7), a formação de um novo sistema frontal, composto por uma nova frente fria e um ciclone extratropical sobre a região Sul, volta a provocar chuva intensa, trovoadas e ventania. Atenção para volumes elevados de chuva, que podem alcançar os três dígitos, o que aumenta o risco para transtornos na metade norte do Rio Grande do Sul.

A partir da quarta-feira (8/7), a chuva diminui, mas ventos seguem constantes. Entre quinta (9) e sexta-feira (10), o ar seco predomina e o frio aumenta, mas essa situação não é duradoura. A onda de frio é ligeiramente mais branda do que a anterior – embora ainda tenha previsão de geadas em áreas tradicionais. A chuva retorna no fim de semana.

Confira a previsão do tempo para as seis regionais do Irga

Fronteira Oeste
A segunda-feira (6/7) tende a ser de tempo instável com a passagem de uma frente fria. Na terça-feira (7) deve ser o período mais crítico na Fronteira Oeste, com chuvas, trovoadas, granizo e rajadas de vento. Na quarta-feira (8), o centro do ciclone atinge o Oceano Atlântico e ainda causa ventos fortes na região. Uma onda de frio avança e derruba a temperatura, tanto pela manhã como pela tarde da quarta. A onda de frio causa declínio acentuado da temperatura e geadas entre quinta (9) e sexta-feira (10). No fim de semana, a chuva retorna e a temperatura sobe.

Campanha
A segunda-feira (6/7) tende a ser instável com a passagem de uma frente fria. Terça-feira (7) deve ser o período mais crítico na Campanha, com chuvas, trovoadas, granizo e rajadas de vento. Na quarta-feira (8), o centro do ciclone atinge o Oceano Atlântico e ainda causa ventos fortes na região. Uma onda de frio avança e derruba a temperatura, tanto pela manhã como pela tarde. A onda de frio causa declínio acentuado da temperatura e geadas entre quinta (9) e sexta-feira (10). No fim de semana, a chuva retorna e a temperatura sobe.

Central
A segunda-feira (6/7) tende a ser instável com a passagem de uma frente fria. Entre terça (7) e quarta-feira (8) deve ser o período mais crítico na região Central, com chuvas, trovoadas, granizo e rajadas de vento. Na quarta-feira, o centro do ciclone atinge o Oceano Atlântico e ainda causa chuvas e ventos fortes na região. Uma onda de frio avança e derruba a temperatura, tanto pela manhã como pela tarde. A onda de frio causa declínio acentuado da temperatura e geadas entre quinta (9) e sexta-feira (10). No fim de semana, a chuva retorna e a temperatura sobe.

Planície Costeira Interna
A segunda-feira (6/7) tende a ser instável com a passagem de uma frente fria. Entre terça (7) e quarta-feira (8) deve ser o período mais crítico na Planície Costeira Interna, com chuvas, trovoadas, granizo e rajadas de vento. Na quarta-feira, o centro do ciclone atinge o Oceano Atlântico e ainda causa chuvas e ventos fortes na região. Uma onda de frio avança e derruba a temperatura, tanto pela manhã como pela tarde na quarta-feira. A onda de frio causa declínio acentuado da temperatura e geadas entre quinta (9) e sexta-feira (10). No fim de semana, a chuva retorna e a temperatura sobe.

Planície Costeira Externa
A segunda-feira (6/7) tende a ser instável com a passagem de uma frente fria. Entre terça (7) e quarta-feira (8) deve ser o período mais crítico, com chuvas, trovoadas, granizo e rajadas de vento. Na quarta (8), o centro do ciclone atinge o Oceano Atlântico e ainda causa chuvas e ventos fortes na região. Uma onda de frio avança e derruba a temperatura, tanto pela manhã como pela tarde. A onda de frio causa declínio acentuado da temperatura e geadas entre quinta (9) e sexta-feira (10). No fim de semana, a chuva retorna e a temperatura sobe.

Zona Sul
A segunda-feira (6/7) tende a ser instável com a passagem de uma frente fria. A terça-feira (7/7) deve ser o período mais crítico na zona sul, com chuvas, trovoadas, granizo e rajadas de vento. Na quarta-feira (8/7), o centro do ciclone atinge o Oceano Atlântico e ainda causa ventos fortes na região. Uma onda de frio avança e derruba a temperatura, tanto pela manhã como pela tarde. A onda de frio causa declínio acentuado da temperatura e geadas entre quinta (9) e sexta-feira (10). No fim de semana, a chuva retorna e a temperatura sobe.

Fonte: Ascom Irga, com informações da Somar Meteorologia

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.