Politica

"Se fosse assim em todo o Brasil, eu não me preocuparia com nenhum Estado", afirma Pazuello sobre combate à Covid-19 no RS


"Se fosse assim em todo o Brasil, eu não me preocuparia com nenhum Estado", afirmaou o  ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, sobre combate à Covid-19 no Rio Grande do Sul em visita ao Estado nesta terça-feira (21/7).

“Tentamos agir com a maior rapidez possível. Buscaremos o que precisamos onde tivermos de ir. Não podemos deixar ninguém para trás. Nossa prioridade é tratar e salvar vidas, e é assim que o ministério está se posicionando, e como eu vejo que os governos e os municípios estão se posicionando”, resumiu o ministro Pazuello sob a situação de enfrentamento ao coronavírus em todo o Brasil e detalhamento técnico sobre a doença e o plano de contingência.

O ministro interino destacou que procurou a secretária da Saúde, Arita Bergmann, a fim de buscar orientações e ideias para o combate à doença, com base na estratégia adotada pelo Estado. Pazuello reforçou a disposição do Ministério da Saúde em auxiliar os gestores neste momento.

Na semana passada, o Rio Grande do Sul recebeu, por meio da Portaria 1.666/2020, R$ 135 milhões – outros R$ 533 milhões foram enviados para os municípios. No total, o Ministério da Saúde já enviou ao Estado quase R$ 900 milhões destinados ao combate ao coronavírus, além de 9.492.970 equipamentos de proteção individual (EPIs) e 458.180 testes rápidos.

A Secretaria da Saúde também fez a solicitação de 475 monitores cardíados, cujo envio foi confirmado pelo Ministério da Saúde. A pasta está em processo de compra dos equipamentos, que devem ser enviados em agosto. A SES aguarda, também, a habilitação de 78 leitos até o final deste mês.

Pazuello, também anunciou o envio de mais cem respiradores ao Estado. A nova remessa se soma aos 535 aparelhos já entregues pelo Ministério da Saúde – 372 beira-leito e 163 de transporte.
Foto: Palácio Piratini
Além dos respiradores, o Ministério da Saúde confirmou o envio de um extrator, utilizado para a realização automatizada de exames RT-PCR. O equipamento chegará, nos próximos dez dias, ao Laboratório Central do Estado (Lacen) e vai ampliar a capacidade de testagem do laboratório em até 2,5 vezes: passará de cerca de 400 testes diários para aproximadamente 1.000. O extrator contribuirá para a meta do governo do Estado de ampliar de 1.000 (já feitos atualmente, com a parceria de laboratórios de universidades) para 4 mil testes diários no RS.

Pazuello foi recebido por Leite, pelo vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, pela secretária Arita, pelo prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, e pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ernani Polo. Deputados federais e equipe técnica do Estado e do município de Porto Alegre também participaram da reunião, que foi seguida de um almoço. 

O governador Leite e o ministro Pazuello concederam entrevista coletiva no Palácio Piratini. O evento foi transmitido em redes sociais.

Leite reiterou a importância do esforço coletivo e do apoio do Ministério da Saúde ao Rio Grande do Sul. "Nossa reunião de trabalho foi muito positiva, e temos recebido, por parte do Ministério, a atenção, os recursos, os equipamentos e os insumos necessários", reforçou.

Um exemplo dessa boa interlocução, lembrado pelo governador, foi a operação, na semana passada, entre o governo do Estado, o Ministério da Saúde e do Exército Brasileiro para viabilizar um acordo de cooperação técnica para que o Uruguai disponibilizasse medicamentos ao Estado. Os remédios foram repassados a 38 hospitais gaúchos.

Sobre a situação da evolução da Covid-19 no Rio Grande do Sul, Pazuello se mostrou satisfeito com o que viu na visita ao Estado. "Vejo que o Estado está sob o controle de uma gestão eficiente, com visão completa e detalhada em todos os locais. Se fosse assim em todo o Brasil, eu não me preocuparia com nenhum Estado", afirmou. Pazuello também visitará Paraná e Santa Catarina ainda nesta semana.

Com texto de Suzy Scarton/Secom
Edição: Blog Missioneiro

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.