Notícia

Fiscalização atenta às restrições da bandeira vermelha em Santo Ângelo

Plantão 24 horas atende em média 300 denúncias por semana. Ação integrada de supervisão das medidas é feita nos três turnos

Fotos: Rodrigo Bergsleithner / AI Prefeitura de Santo Ângelo
Agências bancárias, lotéricas, supermercados, bares, lojas de conveniência e outros estabelecimentos comerciais de Santo Ângelo têm sido fiscalizados diariamente pelo Comitê Temporário de Enfrentamento ao Coronavírus (CTECOV), em uma operação integrada das secretarias municipais da Saúde, de Obras e do Meio Ambiente, Vigilância Sanitária, Defesa Civil e Brigada Militar, com o objetivo de verificar se as medidas recomendadas pelo Governo Municipal para evitar a proliferação do novo Coronavírus (Covid-19), estão sendo cumpridas.

A blitz é realizada diariamente, nos três turnos do dia, à noite em forma de plantão, devido ao volume de denúncias sobre a aglomeração de pessoas em locais públicos e sobre as condições apresentadas em alguns setores do comércio que registram irregularidades em relação ao decreto publicado no dia 19 de junho, que endurece as restrições para prevenção e combate ao avanço do contágio do novo Coronavírus.

O secretário municipal de Saúde, Luis Carlos Cavalheiro, que preside o Comitê Coronavírus, reforçou que a Vigilância Sanitária já realiza trabalho preventivo e de orientação em lares de idosos, frigoríficos, supermercados e nas empresas da cidade. "As ações de fiscalização estão sendo ampliadas desde o mês passado, com o trabalho de prevenção em estabelecimentos com grande número de funcionários, evitando uma contaminação em massa do quadro de colaboradores", disse.

300 DENÚNCIAS NA SEMANA
A equipe de fiscalização do Comitê Coronavírus conta com 15 fiscais e cinco auxiliares, que são divididos em grupos de atuação e em escala de plantões diários. Além da escala diária de fiscalização, equipes são mantidas nos supermercados da cidade, nas agências bancárias e nas lotéricas, de forma frequente, com ronda em todos os turnos nos estabelecimentos comerciais por toda a cidade.
Foto: Rodrigo Bergsleithner 

De acordo com o fiscal da Vigilância Sanitária, Ubiratan Gross Alencastro, o telefone de plantão recebe em média 300 denúncias na semana, onde todas são verificadas e checadas pela equipe de fiscalização todos os dias. "Atendemos, em uma ação conjunta com a Brigada Militar e a Defesa Civil, todas as denúncias que são procedentes, realizando a visita até o local e verificada a situação irregular, o estabelecimento é multado, podendo ter o seu alvará de funcionamento cassado por descumprimento às medidas em relação à saúde pública", explica.

Ubiratan ressalta que denúncias de aglomerações em residências não podem ser verificadas sem ordem judicial, onde nem mesmo a Brigada Militar pode intervir sem um mandado, somente em situações que envolvam perturbação do sossego ou perseguição policial. Nestes casos, podem ter a intervenção de polícia, desde que haja denúncia por parte de moradores próximos.

PLANTÃO
As denúncias podem ser realizadas diretamente no telefone (55) 99709-1919, durante 24 horas, de domingo a domingo.

Fonte: Rodrigo Bergsleithner / AI Prefeitura de Santo Ângelo



About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.