Politica

"Falta muito pouco para nos sobrar apenas o lockdown", alerta Marchezan


Foto: Anselmo Cunha / PMPA
O prefeito Nelson Marchezan Junior advertiu que Porto Alegre está próxima de adotar o lockdown como forma de prevenção à circulação do novo coronavírus na capital gaúcha. Em tom grave, ele disse que a medida poderá ser adotada na próxima semana, caso os indicadores não apresentem melhora. 

"As medidas que tomamos até agora, não foram capazes de diminuir a circulação em Porto Alegre. Falta muito pouco para nos sobrar apenas o lockdown. Qualquer medida que se tome, demora 15 dias para sentir os efeitos práticos", declarou durante a transmissão ao vivo pelo Facebook no fim da tarde desta sexta-feira. Ele enfatizou que, por ora, o distanciamento social segue sendo a única alternativa para a redução da gravidade da pandemia na Capital.

Conforme Marchezan, a decisão pelo lockdown foi influenciada por uma reunião que ele teve com os gestores dos hospitais de Porto Alegre, na tarde desta sexta. No encontro, ele foi informado que as instituições estão no limite para novas ampliações de leitos de UTI. Até o momento, apenas pacientes com Covid-19 ocupam 40% dos leitos de UTI na Capital. Há dificuldade, além de logística, na contração de profissionais da saúde. 

Gre-Nal
Marchezan comentou também sobre a restrição a jogos de futebol em Porto Alegre – o que obrigou o Gre-Nal a não ser realizado na próxima semana na capital gaúcha: “Qual prefeito do mundo iria dizer que não gostaria de ter um Gre-Nal? Mas não é uma situação respeitosa aos profissionais de saúde e a todos os trabalhadores da nossa cidade”, afirmou. 

Com a medida, o clássico que marca a retomada do Gauchão foi transferido para o Estádio Centenário, em Caxias do Sul.

Fonte: Correio do Povo 

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.