Opinião

Augusto Nunes: Supremo é rigoroso com pequenos delitos e brando com grandes criminosos


Nesta semana, com o aval do STF, o Judiciário libertou criminosos alegando a necessidade de protegê-los da covid-19. Também nesta semana, a ministra Rosa Weber manteve preso um homem que furtou dois desodorantes. Para o jornalista Augusto Nunes, as decisões reiteram as incoerências que se manifestam com frequência no Supremo.

 "Muitos ministros tratam autores de delitos insignificantes com rigor que se transforma em brandura quando julgam envolvidos em roubalheiras bilionárias", analisa.

Assista ao comentário.




Para celular


Fonte: Jornal da Record / Record TV /R7

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.