Polícia

Homem seda, agride e esfaqueia filhos no interior de São Paulo

Crianças foram socorridos para a Unidade de Pronto Atendimento em Taubaté. Após esfaquear os filhos, homem se matou na sequência

Reprodução/Record TV
Duas crianças foram agredidas e esfaqueadas pelo pai no sábado (20), em Taubaté, no interior de São Paulo. A mãe dos meninos de 5 e 8 anos, Suelen Camargo, recebeu uma ligação de um dos filhos pedindo socorro. 

Ao chegar na casa do ex-marido, ela encontrou as crianças feridas ao lado do corpo do pai. O casal estava separado há cerca de seis meses e Suelen tinha uma medida protetiva contra Nilson de Paula, que era muito agressivo e não se conformava com o fim do relacionamento.

Suelen diz que antes de cometer suicídio, Nilson deu calmantes para as crianças. Mesmo muito abalada com a cena que viu, a mulher diz estar confiante na recuperação dos filhos. As crianças estão internadas.

"A única coisa que ele queria era me trancar numa caixinha e ficar só eu, ele e as crianças", contou Suelen à reportagem da Record TV, e prosseguiu: "Não estou me conformando porque ele nunca foi de uma agressividade tamanha com meus dois filhos".

Suelen e Nilson ficaram juntos por nove anos num relacionamento, segundo ela, marcado por agressões e abusos. Em janeiro deste ano, a mulher terminou a relação. Ela conta que o homem não aceitou a separação e ficou ainda mais agressivo depois disso, e que registrou dez boletins de ocorrência contra o ex-marido, obtendo, ainda, uma medida protetiva.

Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu no bairro Bonfim. O homem teria sedado os filhos e depois esfaqueado. Após o crime, ele ainda tomou veneno e desferiu golpes de faca contra ele próprio, se suicidando. 

Os dois filhos foram socorridos para a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Cecap, após o mais velho conseguir pedir ajuda. A mãe das duas crianças contou que estava em processo de divórcio desde o início do ano e tinha uma medida restritiva contra o homem.

Fonte: Portal R7, com informações da Record TV

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.