Educação

Estudo aponta que 61% das escolas municipais não formaram professores para aulas online

Foto: Annie Spratt / Unsplash
Uma pesquisa realizada pelos 26 Tribunais de Contas do país em parceria com o Instituto Rui Barbosa mostra o que estados e municípios têm feito para garantir a educação de crianças e adolescentes durante a pandemia. O estudo foi divulgado nesta sexta-feira (19).

A pesquisa mostrou que 61% das redes de ensino municipais pesquisadas ainda não fizeram nenhum tipo de formação para os professores, para que eles possam desenvolver as atividades online. O resultado é um pouco melhor entre as escolas estaduais. Das 17 analisadas, 14 declaram que ofereceram algum tipo de formação.

"Em meados de março, mais de 40 milhões de crianças, jovens e adolescentes das redes públicas da educação básica tiveram as atividades presenciais em sala de aula interrompidas. O ano letivo mal tinha começado. Uma primeira providência foi emitir nota técnica com sugestões e recomendações aos Tribunais de Contas envolvendo assuntos como merenda escolar, a gestão de pessoas, o cuidado com a saúde dos profissionais da educação, de que maneira vem sendo implementado pelas redes", explica o conselheiro do Tribunal de Contas do RS (TCE-RS) e presidente do Comitê de Educação do Instituto Rui Barbosa, Cezar Miola.

Foram analisadas as capitais e municípios sorteados – metade entre os que possuem maior número de matrículas e metade entre aqueles que atendem alunos de nível socioeconômico mais baixo.

Merenda escolar
Os auditores também perguntaram como está a distribuição da merenda escolar durante a pandemia. Em abril, uma lei federal autorizou em caráter excepcional que, durante a pandemia, as escolas públicas da educação básica podem repassar os alimentos da merenda escolar aos pais ou responsáveis.

Entre as escolas da rede municipal que participaram do levantamento, 83% disseram que têm iniciativas para cumprir a lei. Em 66% delas, os alimentos podem ser retirados na própria escola, e em 21%, a entrega é feita na casa dos estudantes. Nas redes estaduais, 82% estão adotando medidas para cumprir a lei.

Fonte: G1 RS

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.