Polícia

Três pessoas da mesma família são encontradas mortas dentro de casa em Passo Fundo

Três pessoas da mesma família foram mortas em Passo Fundo — Foto: Juliano Castro/RBS TV
Três pessoas de uma mesma família foram encontradas mortas dentro de casa, em Passo Fundo, na noite de terça-feira (19). As vítimas foram identificadas como Alessandro dos Santos, de 35 anos, a filha dele, Kétlyn Padia dos Santos, de 15, e a tia dela, Diênifer Padia, de 26.

De acordo com familiares, na hora do crime haviam seis pessoas na casa. As três que foram mortas e mais três crianças, filhas de Diênifer. Na casa dos fundos, estava a esposa de Alessandro. Segundo relatos, uma das crianças, de 6 anos, foi quem saiu da casa, avisou os vizinhos e pediu ajuda.

Quando a polícia chegou ao local, encontrou as três vítimas já sem vida. Elas foram asfixiadas, segundo as autoridades.

A Delegacia de Homicídios de Passo Fundo investiga o caso. A polícia está apurando o relato de testemunhas, que disseram que dois homens foram à casa da família durante a tarde de terça, para ver um móvel que estava a venda. Para a delegada Daniela Minetto, nenhuma possibilidade pode ser descartada nesse momento.

"Nós, então, temos duas linhas de investigação. Um possível assalto ou, efetivamente, um homicídio. Nós vamos buscar essa questão da negociação desse armário via rede social, para se estabelecer em que momento eles têm influência nesse fato, e se, efetivamente, teve o uso desse subterfúgio para que esses indivíduos chegassem e matassem essas vítimas", afirma a delegada.

Os corpos das três vitimas foram liberados no fim da manhã, pelo Instituto Médico Legal (IML) de Passo Fundo. O velório vai ser na tarde desta quarta (20), na capela da igreja do bairro São José. Familiares e amigos cobram justiça pelo que aconteceu.

"Foi muito terrível, absurdo demais. Uma coisa que cabe a Justiça ir atrás, e não deixar impune uma coisa dessas", afirma o familiar Paulo Miguel da Rosa.

"A partir de agora estamos buscando todos os dados possíveis. O perfil de cada vítima, e também as circunstâncias, como os fatos se deram, tudo que puder ser elemento de prova para essa investigação e que a gente busque daí a autoria desse crime", acrescenta a delegada.

Fonte: G1 RS

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.