Politica

Prefeito de Bossoroca Juca Dutra pede mais cautela no fluxo de pessoas pelos Municípios

Ele comentou o surto da Covid-19 em Itacurubi. Segundo Juca, a administração vem cumprindo sua parte, mas não tomar medidas restritivas quanto a impedir a entrada de pessoas de fora, como estava sendo pedido por algumas pessoas em redes sociais.

Prefeito Juca Dutra. Foto: Jônitas Puchalski / Blog Missioneiro
O prefeito de Bossoroca, Juca Dutra, destacou que administração municipal vem cumprindo sua parte na prevenção da Covid-19, mas não tomar medidas restritivas quanto a impedir a entrada de pessoas de fora, como estava sendo pedido por algumas pessoas em redes sociais.  Ele disse em entrevista a Rádio Missioneira, na manhã desta quinta-feira (28).

Conforme Juca, hoje, o maior problema é controlar o fluxo dos visitantes, que muitas vezes chegam para visitar familiares, mas também acabam circulando por outros locais, como se tudo estivesse normal.

O crescimento relâmpago de casos de Covid-19 em Itacurubi, que em um dia chegou a 11 casos confirmados, impactou muitas comunidades próximas, deixando também os bossoroquenses apreensivos com as notícias que chegaram recentemente. Itacurubi é vizinho da Buena Terra Missioneira.

BOSSOROCA NÃO POSSUÍ NENHUM CASO DE COVID-19
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até o momento temos 06 pacientes que seguem em isolamento domiciliar de 14 dias juntamente com seus contactantes domiciliares. Os 06 pacientes foram colocados em isolamento por precaução devido a apresentarem sintomas gripais. Até o momento já foram realizados 06 testes rápidos para COVI-19 todos com resultado negativo, destes, 03 foram em profissionais de saúde (01 mantém o isolamento).

TESTES RÁPIDOS
Todos os pacientes que se encontrarem em isolamento por precaução farão o teste rápido para COVID-19, desde que se enquadrem em requisitos pré estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Conforme o coordenador de vigilância em saúde, enfermeiro, Rodrigo Comassetto de Farias,  esclarece que o teste só pode ser realizado após 10 dias do início dos sintomas, "pois basicamente, esse tipo de exame aponta se a pessoa teve ou não contato com o vírus. Quando uma pessoa entra em contato com o vírus, o organismo inicia a produção de anticorpos como um mecanismo de defesa. No entanto, é preciso aguardar alguns dias até que a quantidade desses anticorpos seja detectável em um teste (janela imunológica)."

Estudos científicos têm demonstrado que, a partir do sétimo dia de sintomas de uma pessoa com Covid-19, é possível detectar anticorpos em testes rápidos, sendo que em grande parte dos produtos registrados na Anvisa os resultados mais robustos foram obtidos a partir do décimo dia. Portanto, é preciso estar atento às instruções de uso dos testes.

"É importante salientar que o teste rápido não detecta especificamente o novo coronavírus, mas sim os anticorpos produzidos pelo organismo depois de a infecção ter ocorrido.", finaliza o enfermeiro Rodrigo.

A MELHOR PROTEÇÃO AINDA É A PREVENÇÃO
As medidas preventivas são a melhor maneira de se proteger contra o novo coronavírus, que ainda não tem vacina. A Secretaria Municipal da Saúde de Bossoroca reforça a necessidade da população manter o isolamento domiciliar e distanciamento social, além da obrigatoriedade do uso de máscaras nos ambientes públicos, quando for inevitável sair, com o objetivo de diminuir a probabilidade de contágio, e adoção de hábitos preventivos e de saúde.

VACINAÇÃO CONTA INFLUENZA
A vacinação contra a Influenza segue diariamente nos 03 ESF´s, nos horários das 07:30 às 12:00 hs e das 13:30 às 17:00 hs, de segunda a sexta feira, até o dia 05 de julho. Pedimos à todos que se enquadram nos grupos prioritários que compareçam ao seu ESF e façam a vacina. A vacina é destinada aos seguintes grupos:

• IDOSOS ACIMA DE 60 ANOS E TRABALHADORES DA SAÚDE;
• PROFISSIONAIS DAS FORÇAS DE SEGURANÇA E SALVAMENTO
• PESSOAS COM DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS E OUTRAS CONDIÇÕES CLÍNICAS ESPECIAIS;
• CAMINHONEIROS, PROFISSIONAIS DE TRANSPORTE COLETIVO E PORTUÁRIOS;
• CRIANÇAS DE 06 MESES À MENORES DE 06 ANOS DE IDADE, PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, GESTANTES E PUÉRPERAS (MULHERES ATÉ 45 DIAS APÓS O PARTO);
• ADULTOS DE 55 À 59 ANOS;
• PROFESSORES DE ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS.

Todos os ESF´s estão organizados para evitar aglomerações e facilitar o acesso da população. Ao proteger a população da influenza, menos gente necessita de hospitalização, o que ajuda o sistema de saúde a reservar esforços para combater o COVID-19.

Fonte: Blog Missioneiro, com informações da Rádio Missioneira

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.