Polícia

Padrasto é suspeito de matar bebê de 10 meses em Erechim

Laudo preliminar da perícia apontou asfixia como causa da morte. Mãe alega ter saído para comprar leite e, ao retornar, encontrou a criança ferida.


Um bebê de 10 meses foi morto na noite de quarta-feira (27), em Erechim, na Região Norte do estado. Segundo a Polícia Civil, o padrasto, principal suspeito do crime, foi preso na madrugada desta quinta (28).

De acordo com o delegado Germano Alves Lima, o laudo preliminar da polícia apontou que a causa da morte foi asfixia.

O caso aconteceu no bairro Aeroporto. Segundo a Polícia Civil, a mãe da criança contou em depoimento que tinha saído de casa e, quando voltou, encontrou o filho com ferimentos na cabeça. Ela chegou a levar o bebê ao hospital, mas ele não resistiu.

Ela disse que o padrasto foi o responsável pelo crime. O homem negou a autoria do crime quando foi preso pela polícia. O caso será investigado pela 2ª Delegacia de Erechim.

Fonte: G1 RS

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.