Polícia

Ação investiga supostos desvios de R$ 15 milhões de recursos públicos da saúde

Operação cumpre mandados no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro

Alguns mandados são cumpridos em Porto Alegre, na rua Miguel Tostes 
Uma operação conjunta entre Polícia Federal, Controladoria Geral da União, Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, Ministério Público Federal e Ministério Público do Rio Grande do Sul apura supostos desvios de R$ 15 milhões de recursos destinados para saúde. O montante teria sido repassado pela União a uma organização social. 

De acordo com o MPRS, 129 medidas judiciais devem ser cumpridas em cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. A ação apura supostos crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção passiva, organização criminosa, ocultação de bens, crime de responsabilidade e desobediência. 

A operação, chamada de Camilo, cumprirá 61 mandados de busca e apreensão, 15, de prisão temporária, além de medidas judiciais de sequestro de bens móveis e imóveis, bloqueio de valores depositados em contas de investigados e empresas. Também deverá ser feito o afastamento cautelar de funções exercidas por servidores públicos municipais. As ordens judiciais foram expedidas pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região e pela Justiça Estadual de Rio Pardo (RS).

Fonte: Correio do Povo

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.