Notícia

Covid-19: Judiciário proíbe excursão de Santiago para a Serra Gaúcha

Ação Civil Pública impede realização de excursão sob pena de multa para a empresa


A juíza Ana Paula Tolfo deu parecer favorável a uma Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público de Santiago para que a empresa Brandli Turismo cancelasse as viagens agendadas para Bento Gonçalves. 

No pedido, a Promotoria argumenta sobre a letalidade da pandemia e os riscos envolvidos em relação a viagem, já que a Serra Gaúcha possui grande incidência da doença, enquanto que Santiago permanece com baixos índices. Por isso, a viagem seria um risco muito grande para todos. Por fim, o despacho ressalta que em caso de descumprimento da ordem judicial, a empresa será multada em R$ 50 mil por viagem e R$ 5 mil por passageiro não informado e ressarcido.

Algumas horas antes da decisão ter sido anunciada, a empresa Brandli Turismo havia divulgado uma nota anunciando o cancelamento da excursão, em atendimento aos apelos do município e comunidade.

CLIQUE AQUI para ler a decisão

Apesar da excursão da empresa santiaguense ter sido cancelada, o município mantém a preocupação em relação a possíveis excursões vindas da Serra Gaúcha para a região, além do fluxo de carros. Para tanto, deverá montar uma operação de monitoramento junto ao Posto da Polícia Rodoviária Federal.

Fonte: Site da Prefeitura de Santiago

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.