Polícia

Professor de matemática é preso por suspeita de estuprar 20 alunas em David Canabarro

Estudantes têm entre 13 e 17 anos. Investigação começou em março deste ano e, segundo a Polícia Civil, há relatos de abusos desde 2012.

Professor é suspeito de estupro de 20 estudantes em David Canabarro — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Nesta quarta-feira (26), um professor de matemática, de 58 anos, foi preso preventivamente por suspeita de estuprar pelo menos 20 alunos com idades entre 13 e 17 anos, em David Canabarro, na Região Norte do estado.

Segundo o delegado Mário Pezzi, a investigação começou no fim de março deste ano depois da denúncia da primeira aluna. "Elas tinham medo de denunciar. Tomamos conhecimento depois que a primeira foi na delegacia e contou que os colegas viram quando o professor tirou uma foto dela, de costas, enquanto ela escrevia no quadro. A partir daí houve uma manifestação na escola e outras famílias denunciaram".

O delegado contou que a investigação era mantida em sigilo e que a prisão do suspeito foi pedida após uma ameaça a familiares de uma das alunas. "Ele estava pressionando a família para que eles retirassem a queixa. A partir daí, pedimos a prisão dele. Agora, o caso será remetido à Justiça".

À polícia, as alunas contaram que há registro de casos de abuso desde 2012. O homem vai responder por estupro de vulnerável, porque algumas vítimas tinham menos de 14 anos, e por estupro.

"Fizemos busca e apreensão na casa dele, mas não encontramos nada. Ele nega as acusações e diz que elas estão inventando. As alunas contam que ele fazia 'mão boba', passando a mão nelas", diz o delegado.

"Elas estão com medo, muitas delas não tinham coragem de contar nem aos pais". O homem está no Presídio Estadual de Guaporé.

A Secretaria Estadual de Educação diz que serão tomadas as devidas medidas administrativas. Informou ainda que o suspeito foi recebido na Coordenadoria Regional de Educação, em março, após denúncia por parte de familiares de alunos da escola. No mesmo mês, o professor solicitou afastamento por licença-saúde e, desde então, não teve mais contato com os estudantes.


Fonte: G1 RS

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.