Notícia

Três jovens morrem tragicamente em quartéis, em menos de um mês, no RS


Três mortes trágicas foram registradas, em menos de um mês, em quartéis do Rio Grande do Sul. Uma por disparo de arma de fogo, uma por afogamento e outra por enforcamento. Todas envolveram jovens soldados. Inquéritos policiais militares foram instaurados para apurar os fatos.

Talles - Foto: Arquivo Pessoal 
A primeira ocorreu no dia 13 de julho, no 18º Batalhão de Infantaria Motorizado de Sapucaia do Sul. Nesse dia, o soldado Talles Finger, de 18 anos, foi atingido por um disparo de arma de fogo disparado por um colega. O jovem era de Campo Bom, mas seu pai, natural de Três Passos, residiu em Esquina Brasil, no interior de Tiradentes do Sul. O militar que efetuou o disparo foi preso preventivamente. O Batalhão afirma que foi aberto um Inquérito Policial Militar para apurar as circunstâncias do fato.

Antoni - Foto: Arquivo Pessoal 
A segunda ocorreu no dia 23 de julho, no 3º Batalhão de Engenharia de Combate de Cachoeira do Sul. Antoni Terres Monteiro, de 19 anos, era militar e participava de um treino de instrução de portada leve dentro da água quando se afogou. Ele foi socorrido e chegou a ser encaminhado inconsciente ao Hospital de Caridade e Beneficência (HCB), mas não resistiu e morreu. O caso seria investigado pela Polícia Militar.

Gustavo - Foto: Arquivo Pessoal 

Já a terceira ocorreu na noite de quinta-feira, 1º de agosto, no interior do 19º Regimento de Cavalaria Mecanizado de Santa Rosa, onde foi encontrado morto o soldado Gustavo Leonardo Jahns, de 19 anos, que estava desaparecido desde o fim da tarde. O corpo do militar foi encontrado na mata no interior do Regimento com indícios de enforcamento. Será instaurado um Inquérito Policial Militar para apurar o fato

Fonte: Três Passos News 

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.