Polícia

Laboratório de droga sintética é descoberto na zona rural de Gravataí

Quase 2 mil comprimidos foram apreendidos junto com insumos e equipamentos para a fabricação do entorpecente 

GRAVATAÍ - Um laboratório de ecstasy foi descoberto e fechado na manhã desta quarta-feira pela Polícia Civil em Gravataí. Quase 2 mil comprimidos prontos da droga sintética foram apreendidos pelos agentes da 3ª DP de Canoas sob comando do delegado Pablo Rocha. A fábrica estava instalada na zona rural do município.

Houve ainda o recolhimento de mais de dois quilos de insumos, incluindo corantes, que são suficientes para a produção de mais de 10 mil comprimidos. Prensas, moldes e formas com figuras diversas para a estampagem no próprio ecstasy também foram encontrados no local. Todo o material apreendido foi avaliado em mais de R$ 200 mil. Um Toyota Corolla foi alvo também da operação policial.

Na ação, um traficante, de 29 anos, foi preso em flagrante. Segundo o delegado Pablo Rocha, o entorpecente, normalmente comercializado em festas de música eletrônica conhecidas como raves, seria distribuída em Canoas e na Região Metropolitana. As investigações duraram em torno de um mês. O diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, delegado Mario Souza, destacou que foi “mais uma ação cirúrgica e qualificada”, sendo interrompida “uma verdadeira linha de produção de ecstasy”.

Correio do Povo

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.