Notícia

Porto Alegre volta a ser a capital com o maior índice de fumantes

No contexto internacional, o Brasil tem índices de tabagismo relativamente baixos se comparado com o resto dos países. 

Foto: Reprodução / Adriana Franciosi / Agencia RBS

Uma pesquisa do Ministério da Saúde divulgada no dia 31 de maio, o Dia Mundial sem Tabaco, mostrou que 9,3% da população brasileira é fumante. Se comparado com anos anteriores, o resultado é bom: em 2006, ano do primeiro levantamento da série, o índice era de 15,6%. Em 2015, o número caiu para 10,8% – à época, a meta era chegar a 9,1% até 2020.

Porto Alegre, contudo, voltou a ser a capital com o maior índice de fumantes. Aqui, 14,4% dos entrevistados afirmam ter o hábito tabagista. Logo atrás aparecem São Paulo (12,5%) e Curitiba (11,4%). Salvador e São Luis estão do outro lado do ranking, e lá apenas 4,8% dos entrevistados admitiu fumar. Na pesquisa de 2017, a capital dos gaúchos aparecia em terceiro lugar.

E por que Porto Alegre sempre se destaca este ranking? Bom, existem algumas hipóteses, mas que carecem de comprovação. Frio, proximidade com países fumantes (Argentina e Uruguai) e a alta produção no Estado seriam algumas.

Além das contínuas campanhas de combate ao tabaco, o governo passou a atuar também pela via jurídica. Há duas semanas, a Advocacia-Geral da União (AGU) entrou com uma ação na Justiça Federal do RS contra as principais empresas produtoras de cigarro do País. A União reivindica recuperar gastos relacionados ao tabaco, que chegam a quase R$ 57 bilhões por ano. A decisão foi elogiada pela Organização das Nações Unidas e, se seguir o exemplo dos Estados Unidos, pode resultar em uma indenização bilionária.

No resto do mundo - No contexto internacional, o Brasil tem índices de tabagismo relativamente baixos se comparado com o resto dos países. De acordo com um relatório da OMS do ano passado, 16,9% dos habitantes do continente americano fumam. Na Europa, o índice é de 29%. Este link traz informações detalhadas sobre o consumo de tabaco no mundo.

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.