Polícia

Polícia divulga identificação de dois foragidos por participação no roubo a banco em Porto Xavier

Um deles é apontado também como autor do disparo que matou o soldado da Brigada Militar Fabiano Heck Lunkes. 


Na tarde desta segunda-feira (06), a Brigada Militar e a Polícia Civil divulgou em coletiva para a imprensa a identidade dos dois foragidos, de participação no roubo ao bando do Brasil, no município de Porto Xavier que suspeitava-se, ainda que estariam no cerco em Campina das Missões, desfeito na sexta-feira (3). Um deles, conforme delegado que investiga o roubo, é o autor de disparo que matou policial militar.

Conforme o delegado Heleno dos Santos, os dois foram identificados como Ezequiel David Trindade, 30 anos natural de Erechim e morador de Passo Fundo, e Luciano Aguilar de Mattos, conhecido como Lucianinho, 43 anos morador de Porto Lucena. Os dois são foragidos do sistema prisional. O crime motivou um cerco que durou 10 dias. 


"Ele é a pessoa que disparou contra o soldado Fabiano, apontado como um dos maiores ladrões de banco do estado", afirma o delegado Heleno dos Santos. Segundo ele, Ezequiel está foragido desde fevereiro de 2019 da Penitenciária de Cruz Alta e tem histórico de outras fugas.

Segundo a polícia, já há mandado de prisão preventiva contra os dois expedido pela Justiça. Isso significa que qualquer policial que encontrá-los pode efetuar a prisão.

Mesmo com esses dois foragidos, a Polícia considera que o trabalho já feito, uma vez que logrou êxito em prender quatro criminosos. Um quinto dos envolvidos foi morto durante confronto com a polícia. Nas fotos eles aparecem em diversos aspectos quanto ao rosto e tamanho do cabelo, penteado etc. Além destes, a Polícia não descarta envolvimento de outras pessoas da região no crime.

A polícia pede que a comunidade passe qualquer informação sobre o paradeiro dos dois foragidos pelo telefone: 08005102828. A denúncia pode ser anônima.

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.