Politica

Governo exonera seis nomes do Ministério da Educação

Foto: Reprodução

Em edição extra do Diário Oficial que acaba de ser publicada, o governo Jair Bolsonaro formalizou a exoneração de seis nomes que ocupavam cargos importantes no Ministério da Educação.

Além do coronel Ricardo Wagner Roquetti, foram dispensados Tiago Tondinelli (chefe de gabinete de Ricardo Vélez Rodríguez), dois integrantes da secretaria-executiva do MEC (Eduardo Miranda Freire de Melo e Claudio Titericz), o assessor especial Silvio Grimaldo e Tiago Levi Diniz Lima, um dos diretores da Fundação Joaquim Nabuco.

Em nota, o MEC afirmou que as medidas “em nada representam arrefecimento no propósito de combater toda e qualquer forma de corrupção”.


About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.