Polícia

Operação da Polícia Civil contra fraude no DETRAN cumpriu mandados de busca em São Luiz e de prisão em Santo Antônio das Missões

Polícia Civil desencadeou operação nesta terça-feira (15) para combater esquema criminoso

Mandados foram cumpridos na manhã desta terça-feira. Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Uma operação da Polícia Civil gaúcha desencadeada nesta terça-feira identificou uma série de operações criminosas junto ao sistema informatizado do DETRAN/RS. Segundo informações veiculadas na Gaúcha ZH, dois suspeitos teriam, através do acesso ao sistema do órgão, alterado os dados de pelo menos 322 veículos no RS, causando um prejuízo de R$ 450 mil ao DETRAN.

Segundo as informações de Gaúcha ZH, a movimentação de dados junto ao sistema do DETRAN fora do horário de expediente teria chamado a atenção e desencadeado as investigações por parte da Polícia Civil. Conforme o apurado até o momento, dois suspeitos teriam se utilizado de senha de um funcionário do DETRAN (o qual não teria participação no esquema) para inserir e adulterar dados, fraudando informações de proprietários de veículos, da existência de multas e de números de chassis. Outros dois suspeitos teriam sido beneficiados pelo esquema, sendo um deles proprietário de uma loja de compra e venda de veículos.

MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO CUMPRIDO EM SÃO LUIZ GONZAGA – A Operação Transitório, desencadeada pela Polícia Civil, cumpriu 18 mandados de busca e apreensão nas cidades de Porto Alegre, Canoas, Flores da Cunha, Bento Gonçalves. Em nossa região, foram cumpridos mandados nas cidades de São Luiz Gonzaga, Santiago e São Borja.

PRISÃO TEMPORÁRIA EM SANTO ANTÔNIO – A investigação também resultou em quatro mandados de prisão temporária cumpridos nas cidades de Porto Alegre e Santo Antônio das Missões.


Rádio São Luiz com informações de GauchaZH

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.