Esporte

Marcelo Grohe "saiu porque quis", afirma Renato

Técnico destaca contribuição do goleiro ao Grêmio e chance dele fazer um grande negócio | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O técnico Renato Portaluppi frisou, em entrevista antes de jogo beneficente nesta quinta-feira, que não foi dele nem do Grêmio a decisão de vender o goleiro Marcelo Grohe. "Ele saiu porque quis. Achou que era um grande negócio para ele", relatou o treinador gremista.

"É aquilo que falei. Os jogadores do Grêmio estão bastante valorizados. É normal interesse de outros países", avaliou Renato. "Eu já sabia da saída há alguns dias", acrescentou o comandante gremista.

Renato salientou que o desejo do jogador não poderia ser negado, por toda a contribuição dele nos últimos anos. "Quando é assim, não seguramos ninguém contra vontade. Fez muito por nós e teve nosso aval", relatou o técnico. "É uma grande chance dele ganhar um dinheiro a mais nos próximos dois ou três anos."

O Tricolor já estaria buscando uma reposição, o goleiro Everson do Ceará, mas Renato já definiu o titular do momento. "É o Paulo Victor, a princípio. Ele é que revezava com o Marcelo."

CP

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.