Esporte

Finanças do Inter exigem venda de um jogador

Rodrigo Dourado estaria na mira do Milan | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação 

Silenciosamente, até para preservar o processo eleitoral, os dirigentes colorados seguem trabalhando para manter o grupo e, além disso, agregar reforços visando à temporada 2019, quando voltará à Libertadores da América. O trabalho, porém, é bastante dificultado pelas restrições orçamentárias, que só serão amenizadas com a venda de jogadores.

Até este momento, o Inter não recebeu propostas oficiais por quaisquer dos seus atletas. Mas elas deverão chegar em breve. Os próprios dirigentes confirmam as “sondagens” de empresários e representantes de clubes do Exterior. Rodrigo Dourado acaba o ano como o jogador mais valorizado do elenco e deve ser disputado por clubes da Alemanha e Itália. Segundo a imprensa italiana, o Milan deve fazer uma oferta pelo jogador.

Iago também tem mercado, após apenas um ano como titular. Outro jogador que sequer estava no Inter e que pode render algum dinheiro é Marcinho. Ele foi um dos destaques do Fortaleza campeão da Série B e chamou atenção de olheiros. É provável que o Inter consiga colocá-lo em algum negócio.

Renovações 

Além disso, o clube trata da renovação de alguns contratos. Nos últimos dias, os dirigentes analisam a possibilidade de comprar os direitos federativos do lateral Fabiano, que foi chamado de volta pelo Palmeiras. O problema é que eles custam cerca de R$ 4 milhões. Rossi até interessaria, mas o Shenzhen FC, da China, não aceita renovar o empréstimo. Os atacantes Leandro Damião e Wellington Silva também negociam as suas permanências no Inter para 2019.

CP

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.