Polícia

Criminosos de São Luiz Gonzaga ligados à facção de Porto Alegre são presos

Fotos: Divulgação/Polícia Civil

Na manhã desta sexta-feira (21), um grupo de criminosos de São Luiz Gonzaga ligados a facção Bala na Cara foram presos hoje pela Polícia Civil. A operação, chamada de F.N, teve como alvo uma família moradora do bairro Duque de Caxias. São 18 prisões, 15 preventivas e três temporárias. Destas, três criminosos já estão presos por outros delitos. Eles recebem mais mandados de prisão na cadeia, dois na Penitenciária Estadual de São Luiz Gonzaga e outro no Presídio Central. 

Conforme a delegada Elaine Maria Schons, o grupo controlava a venda de drogas no chamado “Beco da Duque”. A chefe do grupo é uma mulher que foi presa hoje. A investigação foi iniciada há meses quando a polícia começou a apurar uma tentativa de homicídio com arma de fogo no bairro. “Percebemos movimentação de traficância e iniciamos a investigação”, relatou.

Devido à organização do esquema, mesmo com tentativas, a polícia não conseguiu apreender grandes volumes de drogas ao longo do ano. “Eles tinham um esquema bem montado”, citou. Foram utilizadas interceptações telefônicas e depoimentos de moradores, que relatavam medo dos criminosos. “Há relatos de moradores intimidados com armas”, contou. O grupo também utilizava crianças para dar avisos prévios de chegada da Brigada Militar ou Polícia Civil. As crianças também eram usadas para entregar drogas com bicicleta. Elaine não relevou os nomes envolvidos, mas destacou que muitos deles já são bastante conhecidos da polícia.

Relação com facção e presos de dentro das cadeias

Conforme Elaine, as ligações comprovavam a vinda de drogas de outras regiões e a ligação com a facção Bala na Cara, de Porto Alegre. Um dos líderes que mesmo preso, mantinha contato com o grupo local, recebeu mais um mandado de prisão. A situação preocupa a delegada. “A investigação apontou que estavam se instalando aqui, assim como fizeram em outras cidades próximas”, explicou.

Envolvimento no assalto em mercado que terminou em morte

Entre os presos hoje estão envolvidos no assalto que ocorreu sábado em São Luiz Gonzaga, onde um cliente foi morto com dois tiros. Conforme Schons, o crime tem ligação com o grupo de traficantes. Ela pontuou que a investigação do assalto está em andamento.

A ação hoje

A operação F.N começou às 4h com o cumprimento dos mandados de busca e apreensão. A ação teve apoio da Brigada Militar, com policiais e cães farejadores do 7° Rpmon de Santo Ângelo. Quatro presos não foram encontrados e são considerados foragidos. 


Fonte: Rádio Missioneira





About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.