Politica

Concessão de férias remuneradas e retroativas do Legislativo de Bossoroca


Em entrevista à Rádio São Luiz, o prefeito de Bossoroca José Moacir Fabrício Dutra abordou a aprovação do projeto do Legislativo bossoroquense que visa o pagamento do adicional de 1/3 de férias aos vereadores. Segundo o prefeito, “pode até ser legal, mas é imoral”.

Conforme Dutra, “a Câmara é um poder independente e cada poder sabe o que faz. Recebi essa solicitação para pagar o 1/3 de férias e, inclusive, com retroatividade de cinco anos. Isso aí dá um volume alto de recursos para o nosso município. Criticamos tanta coisa em Brasília, mas a imoralidade não nasceu lá. Ela nasce em todos os setores do nosso Brasil. Porém, agora, quem sabe consigamos reescrever essa história a partir de janeiro, com o novo presidente eleito, que proporcionou esperança ao povo”.


Sobre os recursos devolvidos pela Câmara e a aquisição de maquinários com o orçamento repassado, Dutra disse que “a devolução do dinheiro pela Câmara, quando se chega o fim do Exercício, é a norma geral. No Executivo, esse orçamento passa de ano para ano, e, temos de destinar anualmente 7% do orçamento do Executivo à Câmara. Neste ano, fizemos alguns acordos para comprar ambulância e maquinários, porém, não é um benefício que a Câmara está fazendo, mas, sim, uma questão de ordem legal que é realizada em todos os municípios”, finalizou o prefeito.

Fonte: Rádio São Luiz

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.