Notícia

Santo Ângelo terá radar móvel de velocidade

Objetivo é conter o excesso de velocidade nas principais vias urbanas com vistas à redução de acidentes, gerando maior segurança para condutores e pedestres


Reprodução

Na última quarta-feira, 14, o prefeito Jacques Barbosa recebeu em seu gabinete a entrega de um Radar Móvel adquirido pelo Município. A iniciativa visa monitorar e conter o excesso de velocidade dos veículos nas principais ruas da cidade. O excesso de velocidade, segundo as autoridades de trânsito, é uma das principais causas de acidentes no sistema viário urbano e nas rodovias brasileiras.

Devido ao grande número de acidentes e infrações de trânsito decorrentes do excesso de velocidade, o Governo Municipal optou pela implantação do Radar Móvel para fiscalizar a circulação de veículos nas vias de Santo Ângelo. Nas vias de trânsito rápido, onde houver sinalização, a velocidade máxima será de 50 quilômetros horários, com tolerância de até sete quilômetros acima do limite permitido.
Nesta terça-feira, 20, os agentes de trânsito e o efetivo da Brigada Militar receberão treinamento para a operacionalização do sistema. O curso será ministrado pelos técnicos da empresa Kopp. Depois da qualificação das autoridades de trânsito, a população receberá durante 30 dias orientações a respeito do funcionamento e utilização do radar. Após o período de instruções aos condutores, o equipamento iniciará o período de autuações.
Vias urbanas de trânsito rápido já estão recebendo a instalação de placas de sinalização com a velocidade máxima permitida de 50 quilômetros horários.
Segundo o diretor Municipal de Trânsito, Gerson Fernando Rodrigues, o condutor do veículo, em um primeiro momento não será multado pelo ato infracional e sim orientado referente à infração cometida.
“Após o período de orientações o aparelho eletrônico entrará em funcionalidade plena. Este equipamento não efetuará multa no momento do delito, ele vai captar imagens do veículo, com informações como placa e local e, posterior a isso, os registros serão encaminhados para o Sistema de Informação de Trânsito (SIT) no DMT. A partir deste processo, o DMT fica responsável por repassar as imagens e dados ao Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/RS), que emitirá a notificação ou multa ao infrator”, ressaltou Gerson.
Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Santo Ângelo

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.