Polícia

Bombeiros esvaziam açude, mas não encontram gerente de banco desaparecido no Vale do Taquari

Jacir Potrich mora em condomínio afastado do centro - Reprodução / Arquivo pessoal

A suspeita de que o gerente de banco Jacir Potrich, 55 anos, pudesse ter sofrido mal-súbito e caído em açude foi descartada pela Polícia Civil de Anta Gorda, no Vale do Taquari. Potrich está desaparecido desde a noite da terça-feira (13), depois de ter voltado de uma pescaria. O Corpo de Bombeiros esvaziou o local onde o homem poderia estar, mas nada foi encontrado.

O delegado Guilherme Pacífico da Silva explica que o gerente tem o costume de limpar, nos fundos do condomínio onde mora, os peixes que pesca e jogar as vísceras no açude do vizinho, que foi esvaziado nas buscas. Com o sumiço, chamou atenção da família que o trajeto ao açude era uma das últimas coisas que ele fazia, depois de limpar facas e tesouras. A mulher percebeu que os objetos ficaram sujos no tanque.

Outras linhas de investigação são suicídio e sequestro. Para eliminá-las, amigos, familiares, colegas e policiais dividiram-se em grupos para vasculharem matas, açudes e margens de rios da região.

Até a tarde desta sexta-feira (16), Potrich não foi localizado. Denúncias de possíveis cativeiros, recebidas pela polícia, estão sendo conferidas. Até o momento, não houve pedido de resgate.

— Nosso trabalho tem sido intenso e incansável — disse Silva.

Fonte: Gaúcha ZH

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.