Geral

Sobrado em São Francisco de Assis pode virar Patrimônio Histórico do Estado

O casarão foi construído em 1886

Foto: Jadir Anchieta (Arquivo Pessoal)

Um sobrado de dois andares, construído em 1886, na Rua 13 de Janeiro, 777, em São Francisco de Assis, é candidato a se tornar Patrimônio Histórico Estadual. O pedido de tombamento do imóvel, construído para moradia de um estancieiro e político assisense, foi encaminhado no dia 12 deste mês ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (Iphae), órgão com sede em Porto Alegre e responsável pelos tombamentos. A ideia de tombar o casarão partiu de Jadir Ribeiro Achieta, pesquisador da história local e amigo do atual proprietário, o professor aposentado e fazendeiro Valdir Paiva Tourem, 68 anos.

- O proprietário é meu amigo, mora lá há mais de 30 anos e está restaurando o palacete há três décadas. O município não tem lei de tombamento, por isso estou encaminhando ao Iphae - explica Jadir.

Tourem confirma que deu o consentimento para o amigo encaminhar o pedido para que o casarão seja tombado. O nome, Palacete da Boa Esperança, não é o nome original do prédio. Foi colocado este ano por Tourem, que mandou fazer um letreiro com a identificação do sobrado.

- Sou o único dono do palacete. Estou fazendo algumas reformas. Por dentro era bem simplório. Sendo tombado, o sobrado não vai mais poder ser desmanchado - explica o proprietário do palacete.

O diretor de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Moacir Gomes Müller, acredita que será difícil o tombamento do sobrado.

- O prédio foi totalmente modificado - afirma Müller.





  Diário SM

About Blog Missioneiro

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.